24/01/2007

Os Profissionais do Imobiliário precisam de um bom Médico ou de uma Médica boa. Para lhes mostrar a língua ou para nos lerem a etiqueta no dedo do pé
















Caros Colegas Angariadores Imobiliários,

Olá!


Sou Angariador Imobiliário na zona de Lisboa, em Portugal, e trabalho associado a uma Rede de Franchising Imobiliário.


Edito http://iprofs.blogspot.com/ como espaço de informação, de reflexão e em

defesa dos nossos interesses profissionais enquanto Angariadores Imobiliários e Mediadores Imobiliários (Mediadores encarados especificamente como Mediadores ou Brokers, e não na sua vertente de Proprietários de Empresas ou Broker-Owners). Ver http://journals.aol.com/iprof/iprof/entries/2006/10/22/interesses-comuns.-interesses-proprios-interesses-contraditorios-a-mesma-grande-causa-o-sucesso/158


Acontece que http://iprofs.blogspot.com/ está a preparar um estudo sobre

algumas matérias relevantes para a nossa profissão, com base em informações e respostas de Colegas de Portugal e de outros Países.

Veja-se http://iprofs.blogspot.com/2007/01/65-para-o-agente-tal-e-qual-e-que-tal.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/os-colegas-dos-usa-tm-razes-para-ter.html


Hoje, gostaria de contar com a vossa importante ajuda sobre o assunto “Contratos e Comissões”.


Assim, por favor, respondam-me:

1. Como se processa o fundamental do Negócio e como se repartem as Comissões num Negócio de Venda na Empresa Imobiliária onde Vocês prestam serviço?

2. Que comissão é cobrada ao Cliente?

3. Em caso de cooperação e partilha com outro Colega de outra Empresa, ou de um outro Colega presente na Empresa onde Vocês trabalham, como se reparte a Comissão entre a Angariação e a Venda?

4. E entre o Broker-Owner, isto é o Dono da Empresa, por um lado, e o Angariador, do outro lado, como é feita a repartição?

5. E no caso de um Arrendamento, como é feito o cálculo da Comissão por Serviços Imobiliários paga pelo Cliente?

6. Desejam esclarecer outros pontos importantes sobre estas matérias? Quais? Em que aspectos?


As vossas respostas serão tratadas sem referência aos vossos nomes, por

omissão. Só serão citados os Colegas que na resposta expressamente o

autorizarem.

Por favor respondam para asangelo@gmail.com

Para facilitar e esclarecer melhor o que se pretende, podereis ver a seguir a minha própria Resposta a estas Questões.

Assim, ficará mais clara a ideia central desta consulta e das respostas desejadas.

Que fique claro que não desejo com o meu exemplo de resposta condicionar-vos na vossa criatividade quanto à forma e ao conteúdo da vossa Resposta.


Eis assim as minha próprias Respostas:

1. Os contratos que angario são sempre em Exclusividade total, e são sobretudo Contratos de Mediação Imobiliária de Compra http://iprofs.blogspot.com/2007/01/o-contrato-de-mediao-imobiliria-compra.html , onde o Cliente Proprietário Vendedor recorre à Mediadora Imobiliária para procurarmos Interessados Compradores para o seu Imóvel. Também naturalmente trabalhamos com Clientes Interessados Compradores que nos pedem que procuremos Imóveis e Proprietários Vendedores que aceitem vender, mas nestes casos por sistema não assinamos Contrato de Mediação Imobiliária de Venda http://iprofs.blogspot.com/2007/01/o-contrato-de-mediao-imobiliria-venda.html . Recebemos na prática sempre a Comissão que nos é paga pelos Proprietários Vendedores. Sobre contratos veja-se por favor http://iprofs.blogspot.com/2007/01/veja-as-diferenas-proposta-de-modelos.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/mas-seria-uma-peninha-se-fosse-apenas.html

2. A Comissão cobrada ao Cliente é sempre 5%, podendo haver margem de negociação apenas quando os valores de venda são superiores a 1 milhão de Euros. Nestes casos, sem ser obrigatório, a Comissão pode descer para cerca de 4% e até pode chegar a 3%

3. A repartição da Comissão entre a Angariação e a Venda, em situações de cooperação e partilha com outra Empresa, ou com outros Colegas da Empresa com quem colaboramos, é sempre 50%+50%

4. Entre o Broker-Owner, isto é o Dono da Empresa Imobiliária, por um lado, e o Angariador, do outro lado, a repartição é na base de 52% para a Empresa Broker-Owner, e 48% para o Agente. Pode haver situação de 20%+80%, pela mesma ordem, mas nesse caso o Agente tem de pagar a cada mês uma taxa fixa de cerca de 1.500 Euros mais IVA ao Broker-Owner.

5. No caso de um Arrendamento, o cálculo da Comissão paga pelo Cliente que dá o imóvel de arrendamento é na base de 1,5 Rendas.

6. Esclareço ainda em breve síntese alguns aspectos da situação profissional dos Angariadores Imobiliários em Portugal:

I. Por lei, devem ser empresários independentes, não podendo nunca ser trabalhadores com contrato de trabalho assinado com as Empresas Imobiliárias. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/na-sua-azfama-frentica-de-criar-um.html

II. Não podem exercer nenhuma outra actividade profissional, e caso isso aconteça, fica-lhes vedado o exercício da actividade de Angariadores Imobiliários. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/o-peso-da-lei-excessivo.html e http://iprofs.blogspot.com/2006/12/os-angariadores-devero-absolutamente.html

III. Entram na profissão mediante um exame profissional de acesso, dispensável para licenciados de alguns cursos universitários. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/aprovao-depende-da-obteno-de-pelo-menos.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/tm-apenas-necessariamente-de-se.html

IV. Devem fazer formação contínua anual http://iprofs.blogspot.com/2007/01/6-crditos-pela-aprovao-em-exame-de.html , obtêm Licenças Profissionais com validade de 3 anos, renováveis, com custos perto dos 400 Euros por emissão. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/angariao-imobiliria-est-expressamente.html e http://iprofs.blogspot.com/2006/12/s-para-os-artolas-dos-ais-os-ltimos.html

V. Podem ser condicionados por contratos de prestação de serviços em exclusividade para uma Empresa Imobiliária.

VI. Os Profissionais são mais de 20.000 Pessoas, devem obrigatoriamente encontrar-se registados num Departamento do Governo IMOPPI www.imoppi.pt, modernamente chamado INCI i.p., e neste momento (Janeiro 2007) estarão assim legalizados entre cerca de 600 a 700 Profissionais. Veja-se http://iprofs.blogspot.com/2007/01/as-condies-de-competio-entre.html

VII. Nenhuma Associação Profissional existe ainda para Profissionais individualmente considerados, havendo uma Associação de Empresas APEMIP www.apemip.pt que é muito forte e activa. Representa a APEMIP cerca de 3.500 Empresas. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/apemip-wwwapemippt-refere-que-congrega.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/angariadores-imobiliriospodem-comear.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/banqueiros-representam-bancrios-e.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/perfazendo-o-total-de-20000.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/no-single-portuguese-real-estate.html

VIII. Verifica-se que cresce o sentimento e o movimento entre os Profissionais para a criação urgente e necessária de uma tal Associação Profissional para Profissionais individualmente considerados. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/em-breve-ser-mais-fcil.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/mais-depressa-se-apanha-um-angariador.html e http://iprofs.blogspot.com/2006/12/ces-e-gatos-operrios-e-professores.html e http://iprofs.blogspot.com/2006/12/que-advogados-alfaiates-antroplogostm.html e e http://journals.aol.com/iprof/iprof/entries/2006/11/13/pior.-alguns-profissionais-nao-reagem-nao-respondem-nao-se-manifestam-sobre-o-assunto./184

IX. As Comissões pagas pelos Clientes em Portugal variam em geral entre 3% a 5%. A repartição entre as Empresas e os Angariadores pode variar, sendo por vezes de 75%+25%, outras vezes de 70%+30%, e também por exemplo de 52%+48%, conforme as Empresas e as Redes de Franchising. Ver http://iprofs.blogspot.com/2007/01/65-para-o-agente-tal-e-qual-e-que-tal.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/os-colegas-dos-usa-tm-razes-para-ter.html

X. Os Contratos de Mediação Imobiliária são em geral Não Exclusivos.

XI. O número de Pessoas no Sector está a crescer, em parte também pelo momento de crise económica e social no País, com desemprego e pré-reforma para centenas de milhares de Pessoas activas. Veja-se http://iprofs.blogspot.com/2007/01/crescimento-de-mais-de-1000-novas.html A concorrência decorre do facto de uma minoria estar legalizada e a maioria não http://iprofs.blogspot.com/2007/01/as-empresas-de-mediao-no-podem-celebrar.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/eleva-se-para-79-o-nmero-de-empresas-do.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/inspeco-empresas-de-mediao-imobiliria.html , também do facto de as Empresas e os Broker-Owners competirem com os Angariadores nas funções específicas destes http://iprofs.blogspot.com/2006/12/angariadores-imobilirios-exercem.html e http://iprofs.blogspot.com/2006/12/de-acordo-com-o-decreto-lei-n-2112004.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/empresa-de-mediao-obrigada-ae-est.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/desenvolver-as-aces-e-prestar-os.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/resposta-deles-simples-cada-uma-das.html e http://iprofs.blogspot.com/2007/01/nossa-resposta-simples-cada-uma-das-3.html e http://journals.aol.com/iprof/iprof/entries/2006/11/10/...podem-inscrever-se-como-angariadores-imobiliarios--desdemente-que...-nao-sejam-os-tecnicos-.../182 e pela existência de uma economia paralela significativa http://iprofs.blogspot.com/2007/01/no-sector-da-mediao-imobiliria-28-por.html

XII. Os níveis de rendimentos dos Profissionais são interessantes para alguns Profissionais, e médios ou baixos, por vezes com médias mensais abaixo do Rendimento Mínimo para uma maioria significativa dos Profissionais do Sector.


http://iprofs.blogspot.com/

1 Comments:

Anonymous Casas said...

Xcasas.com (site de imóveis do OportunidadesUnicas.com) é um site e parceiro privilegiado para todos aqueles que desejam comprar, vender ou arrendar imóvel, sejam particulares ou agências de mediação imobiliária.

Visite em http://xcasas.oportunidadesunicas.com ou simplesmente http://www.xcasas.com

6:55 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home